Bem vindo ao SamuelAzevedo.com

O Marketing e a Cruz

Num primeiro momento o título deste artigo pode até soar desafinado, mas preste atenção na história que eu vou contar e tire suas conclusões:

 

“Era uma vez um homem que buscava em todo momento o bem estar do próximo, a ponto de fazer disso sua missão. O seu desejo era possibilitar uma mudança de vida para todos os interessados, proporcionando o máximo de bem-estar.

Percorria as cidades apresentando sua oportunidade, a qual acreditava ser a maior oportunidade do mundo.

Conseguiu a simpatia de muitos, cadastrou alguns, formou 12 líderes e alavancou sua rede, ensinou os seus “discípulos” a ensinar e o resultado foi bombástico.

A novidade se espalhava por todos os reinos e havia reunião para apresentação do plano em diversos lugares. Nessas reuniões os convidados tomavam conhecimento dessa incrível oportunidade e muitos decidiam mudar de vida e juntar-se a rede.

O tempo passou, o homem morreu (mataram o homem), mas suas idéias e sua oportunidade permaneceram vivas até hoje, dizem que não é raro encontrar um cadastrado dando o seu testemunho pessoal de como essa oportunidade impactou positivamente sua vida e transformou o seu ser.

Falam também que ninguém ficará indiferente a essa oportunidade, pois a meta é apresentá-la para todos, eu e você seremos confrontados por ela e teremos que dizer SIM ou NÃO, e essa resposta influenciará nossa existência”.

 

Percebi que nessa história (às vezes) não sei se falo do MESTRE ou do MARKETING, mas algumas qualidades deste personagem saltam aos olhos:

  • Ele se importava com o próximo
  • Ele acreditava no plano
  • Ele investiu em pessoas
  • Ele fez o que tinha para ser feito
  • Enfim… Ele cumpriu sua missão

Pensando melhor, não falei neste artigo apenas do Mestre, tão pouco do Marketing, talvez a melhor expressão para sintetizar este conteúdo seja O MESTRE DO MARKETING.

Independente de nossa formação religiosa (este não é um texto teológico), a única certeza que tenho é que apesar do tempo, essa história continua sendo fantástica, inclusive sob a ótica do marketing.

Este artigo é minha singela maneira de desejar a você, caro leitor, uma FELIZ PÁSCOA !

 

Aquele Abraço,

Samuel Azevedo.


One thought on “O Marketing e a Cruz”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *